0

Meu Carrinho

Últimas

Notícias

Curiosidade: Formato "News" fica na preferência do ouvinte norte-americano pelo oitavo ano consecutivo

19.06.2019

São Paulo - Dados da Nielsen apontam quais foram os formatos de rádio mais consumidos nos Estados Unidos em 2018. Jornalismo e adulto-contemporâneo lideram no mercado norte-americano

tudoradio.com trás mais uma curiosidade relacionada ao mercado de rádio dos Estados Unidos, este que pode revelar algumas tendências para o meio em outros países, como o Brasil. Segundo um levantamento feito pela Nielsen, os formatos de rádio "News/Talk" e "AC - Adult Contemporary" seguem na liderança em consumo pela audiência nos Estados Unidos em 2018. Detalhe, o jornalismo no rádio lidera esse ranking há oito anos consecutivos. Acompanhe:

Segundo o estudo, o News/Talk (Jornalismo) permaneceu na liderança no consumo anual, rendo uma participação de 10% no mercado, contra 9,9% em 2017. Já o Adulto-contemporâneo (AC) apresentou a maior variação, indo de 7,7% em 2017 para 8,0% no ano passado. Os dois formatos lideram a preferência dos ouvintes norte-americanos (faixa etária 6+).

Detalhe: o estudo da Nielsen chama a atenção para o interesse crescente em jornalismo no rádio, com o crescente interesse do público por notícias (e política), este que permanece forte desde a última eleição presidencial (ocorrida em 2016 nos Estados Unidos). A Nielsen destaca que, fatos como nomeações da Suprema Corte, desastres naturais, análises de mídia social e ampliação dos debates culturais impulsionaram esse formato.

E o rádio musical também continua forte por lá, principalmente no formato adulto-contemporâneo. Segue a tradição de várias emissoras desse perfil alterarem a programação musical para o período natalino, o que confere um avanço muito considerável na participação dessas FMs no mercado. Já para formatos mais jovens, a temporada de verão costuma ser importante.

A Nielsen aponta também elevações nas participações dos formatos Classic HIts (de 5,3% para 5,6% em 2018) e "All Sports" (apenas esportes), que foi de 4,3% para 4,4%.

No geral, o ranking anual dos formatos em 2018 foram: News/Talk (10%), Adult-Contemporary (8%), Country (7,3%), Pop CHR (6,9%), Classic Hits (5,6%), HOT AC (5,5%), Classic Rock (4,9%), Urban AC (4,8%), All Sports (4,4%) e Urban Contemporary (3,6%). Veja abaixo a divisão por faixa etária.

No Brasil?

O rádio brasileiro conta com outras variações de formatos, principalmente dentro do conceito "rádio popular" (onde pode ter foco em um ritmo/linguagem musical ou diferenciar com base na faixa etária e classe social), porém alguns projetos que encaixaram na classificação norte-americana (dentro do jornalismo e do adulto-contemporâneo) também contaram com avanços em 2018.

Há uma clara evolução do formato adulto-contemporâneo no Brasil, tendo como exemplos importantes a presença de três rádios nessa linha entre os 10 maiores volumes do FM de São Paulo (Alpha FM 101.7, Antena 1 FM 94.7 e NOVABRASIL FM 89.7) e 3 entre 10 no Rio de Janeiro (JB FM 99.9, Antena 1 FM 103.7 e SulAmérica Paradiso FM 95.7), além da disputa pela liderança geral por parte da GFM 90.1 em Salvador.

O jornalismo também se destacou, principalmente devido ao ano eleitoral. Em São Paulo, por exemplo, rádios como Jovem Pan FM 100.9 AM 620, CBN FM 90.5 e BandNews FM 96.9 quebraram alguns de seus recordes históricos (no caso da 96.9 FM, foi vista a melhor marca de audiência da história da estação, esta iniciada em 2005). Esses números do "news" seguem em atualização e, em breve, o tudoradio.com dará mais detalhes.

Porém esses formatos ainda estão longe de quebrar a hegemonia do formato "popular", representado por mais estações e que conta com mais variações em seus projetos artísticos (podendo atuar em jornalismo e também focar faixas etárias mais elevadas), o que dá manobra para esse tipo de rádio.

tudoradio.com, com base nas pesquisas realizadas pelos principais institutos (no Brasil segue o Kantar Ibope Media), seguirá analisando e acompanhando essas movimentações.

Fonte: Tudo radio

Leia

Também

NOTA DE REPÚDIO - Decisão cautelar contra Fox

19.06.2019

Rádios estão dispensadas de veicular ?A Voz do...

19.06.2019

Ensino fundamental terá educação midiática

19.06.2019


Compartilhar