0

Meu Carrinho

Últimas

Notícias

Emissoras de Santa Catarina vem adotando medidas com relação ao coronavírus

30.03.2020

Em tempos onde um dos principais assuntos discutidos é a incidência dos casos do Covid-19, emissoras de rádio de Santa Catarina também vêm se adaptando à nova rotina. As medidas são cada vez mais restritivas no sentido ao combate da doença e contemplam prestação de serviço e informação aos ouvintes, além da adoção de formas que visa proteger seus funcionários, como o sistema de trabalho em home office.

As mudanças com o objetivo de informar à sociedade vem sido promovidas não apenas por grandes redes, mas também por pequenas emissoras, as quais têm prestado um serviço essencial para orientar o catarinense durante a pandemia do novo coronavírus. Além das alterações na grade, onde o jornalismo tem sido prioridade por diversas emissoras de rádio e televisão, as ações também visam a saúde de seus colaboradores, épocas onde o sistema de trabalho home office aumentou consideravelmente e tornou-se algo praticado também pelos veículos de comunicação.

Entre as rádios que tem trazido intensa cobertura sobre o caso está a Jovem Pan News AM 620 de Rio do Sul, a qual já está preparada para outro desafio de manter o ouvinte informado. O diretor da emissora, Humberto Ohf de Andrade, fez o comparativo. "Nas enchentes, a gente sabe que é um período curto. É uma semana, dez dias. Os nossos problemas eram o rio e o deslocamento na cidade. Agora é diferente. Não sabemos o quanto vai durar. A prestação de serviço não pode parar, nunca. E todo o nosso jornalismo vai continuar trabalhando normalmente", completou.

As alterações também não apenas acontecem com a intensificação do jornalismo, mas também da redução da grade musical. A direção da Rádio Difusora FM 91.5 de Laguna dispensou os colaboradores da área musical, focando no jornalismo principalmente com as notícias locais e da Região da Amurel. Na Rádio Clube FM 104.3 de São Domingos a programação musical foi alterada durante todo o dia, com prioridade do jornalismo. Outras rádios do estado também tem adotado essas medidas.

A produção e distribuição de conteúdos ligados ao jornalismo também é destaque. A Rede de Notícias ACAERT (Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão) – RNA, braço editorial da entidade, redobrou seu trabalho de produzir e distribuir material jornalístico para as emissoras associadas à entidade. "Mudamos nosso sistema de trabalho e estamos atualizando as informações em praticamente em tempo real. Boletins são disponibilizados no site e nos grupos de whats app da ACAERT", informou o coordenador de Conteúdo, Guido Schvartzman.

As medidas preventivas ao avanço do novo coronavírus também incluem a adoção do sistema de trabalho em home office. O diretor do Grupo ND, Luis Meneghim, explica que a empresa precisou se organizar para enfrentar o desafio de informar. "Nós esvaziamos a nossa redação integrada, que conta com a participação de 100 profissionais de todas as plataformas da empresa. Muitos estão trabalhando em regime de home office. Já o pessoal da tv e do impresso está trabalhando normalmente na emissora, mas está evitando as saídas. Comentaristas como o Paulo Alceu e o Prates estão trabalhando de casa".

Fonte: Tudoradio

Leia

Também

Após alerta a radialistas, Fenaert orienta radiod...

30.03.2020

Sistema Globo de Rádio lança campanha solidária...

30.03.2020

Rádios do Rio de Janeiro e de São Paulo se unem ...

30.03.2020


Compartilhar